sábado, 13 de agosto de 2016

ABA PAI

Tomei conhecimento de um diálogo entre pai e filho, o qual chamou minha atenção e achei apropriado para o dia dos Pais.
O pai fala: “Filho, você me ama?” O filho responde: “amo papai.” O pai pergunta: “Mas porque você me ama meu filho?” O filho sorri apontando para cima e responde para o pai: “Porque o papai me ama.”
Pesquisas científicas dão conta de que até os 12 anos de idade, o filho se espelha no Pai para ter uma figura de Deus. Deus para ele é igual ao seu pai. Se na sua infância o relacionamento com o seu pai foi ausente, ele cresce com a mentalidade de um Deus que é distante. Se ele tem um pai amoroso, ele cresce sabendo que Deus é amor, e está presente.
É por isso que muitos não desenvolveram o lado afetivo com Deus. Sempre acha que o Pai Celeste é um Pai distante. Se na infância, o filho recebeu demasiadamente o famoso “corretivo” de forma injusta, possivelmente cresceu com a mentalidade de que Deus a qualquer hora o castigará do nada.
Digo-te que existe um Deus que é o seu Pai. Talvez você nunca se relacionou com o seu pai terreno. Talvez ele já tenha falecido. Talvez você nunca disse que amava o seu pai e nunca ouviu um “eu te amo” dos lábios dele. Existe um Deus que é real e que te ama como um pai. Que cuida, zela e se importa pela sua vida. Que permanece fiel, muitas vezes você não sendo fiel a Ele.
Jesus é um grande exemplo de filho, obedeceu na íntegra o seu Pai, e quando ensinou aos seus alunos acerca de se relacionar com seu Pai, demonstrou carinho e cumplicidade quando disse : “Pai Nosso”.

Feliz dia dos Pais...Feliz dia dos filhos...